UPE realiza a primeira colação de grau Stricto Sensu

O Reitor da Universidade de Pernambuco (UPE), Prof. Pedro Falcão, presidiu, ontem (07/11), a solenidade da primeira colação de grau Stricto Sensu 2018 da instituição, que aconteceu no auditório Joseph Mesel da Escola Politécnica da Universidade (Poli).

Para dar início a sessão solene, a oradora e representante dos concluintes, Gicely Regina Sobral da Silva Monteiro, destacou na sua fala que é um privilégio receber o grau de mestre. “Esse momento é fruto do esforço e dedicação de todos aqui presentes. Um sonho compartilhado com nossas família, amigos e professores”.

Continuando as formalidades da cerimônia, os formandos Isabela Talita G. De Lima prestou o juramento em nome de todos, Danilo da Costa Pereira, recebeu o grau de mestre em nome dos demais colegas, e Breno Quintella Farah, recebeu a outorga do título de doutor.

A Pró-reitora de Pós-graduação, pesquisa e inovação, Profa. Tereza Cartaxo Muniz, ressaltou a importância do momento de congregação. “Estou muito feliz e orgulhosa de ser docente desta Universidade e participar da primeira colação de grau do Stricto Sensu. Todos nós fizemos parte desse processo, alunos, professores e servidores. E agora, fora do âmbito acadêmico vamos mostrar à sociedade que a UPE produz conhecimento de ponta”, destacou.

Em seguida, o professor da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e Assessor para o desenvolvimento da qualidade dos programas de pós-graduação da UPE, Emídio Cantídio, proferiu algumas palavras sobre sua experiência profissional, científica e acadêmica. Além disso, transmitiu uma mensagem de motivação aos concluintes: “Não esqueçam de quatro palavras que devem nortear o rumo das suas vidas. Atitude, resistência, resiliência e coragem”.

Para encerrar o encontro, o Reitor da UPE, com muita emoção,  parabenizou a todos os formandos pela conquista e destacou o papel da Universidade como a única instituição de ensino superior pública do estado. “A solidez da UPE  e a nossa crescente participação na produção científica e a qualidade da nossa formação é resultado da competência e compromisso com o desenvolvimento humano”.

Prof. Pedro frisou, ainda, o momento crítico dos cortes dos recursos, provenientes do Ministério da Educação (MEC) e do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), destinados a pós-graduação. “Como dirigente da UPE, registro nosso posicionamento contrário a qualquer ação que preceda ao desmonte da ciência no país, em um ataque direto a manutenção e atuação das Universidades”.

Concluindo sua fala, o Reitor desejou sorte a todos e que possam atuar na sociedade de forma responsável, comprometida e ética.

Compuseram ainda a mesa da cerimônia, o diretor da Poli/UPE e anfitrião do evento, Prof. José Roberto Cavalcanti, o professor e representante dos coordenadores do Stricto Sensu da UPE, Belmiro Cavalcanti do Egito Vasconcelos, o professor e representante dos professores homenageados, Francisco Madeiro Júnior, e a representante dos servidores homenageados, Verhuska de Souza.

HOMENAGENS – Durante a solenidade foram feitas 15 premiações relativas a menção honrosa de melhores teses e dissertações e prestadas algumas homenagens a docente e servidores que contribuem em cada Programa de Pós-graduação Stricto Sensu da UPE.

Em reconhecimento pela fundação do primeiro programa Stricto Sensu da UPE, o professor Roberto Santos recebeu uma placa alusiva ao feito. A professora Betânia da Mata prestou uma homenagem a professora Tereza Cartaxo pelo seu aniversário.