Campus Mata Norte tem história em formação de professores e pesquisadores

Criada pelo decreto estadual 1.357 de 28 de dezembro de 1966, a Faculdade de Formação de Professores de Nazaré da Mata teve o seu primeiro vestibular no ano seguinte, já incorporada à Fundação de Ensino Superior de Pernambuco (Fesp). Ao longo dos anos, foi ampliando a oferta de cursos voltados para a formação acadêmica dos moradores de cidades vizinhas.

Em junho de 1991, com a transformação da Fesp em Universidade de Pernambuco (UPE), a faculdade de Nazaré da Mata tornou-se sede do Campus Mata Norte. Dos primeiros 27 professores e 186 alunos matriculados em três cursos, hoje o núcleo regional da UPE tem 83 professores e 1.953 estudantes em oito cursos de licenciatura: Biologia, Matemática, História, Geografia,  Letras Inglês, Letras Espanhol, Pedagogia e Tecnólogo em Logística. Em 1995 foi criada a Escola de Aplicação, que abriga alunos dos ensino fundamental e médio, sendo referência na região.

O hoje Campus Mata Norte da UPE completa, nesta segunda-feira (28), 54 anos de história na formação de professores e pesquisadores, tendo 23 centros de estudos e laboratórios catalogados e o seu primeiro doutor Honoris Causa, o mestre popular Manoelzinho Salustiano.