Catálogo descreve os 163 centros de estudos e laboratórios da Universidade de Pernambuco

A Pró-reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Inovação (Propegi) concluiu a primeira versão do catálogo de laboratórios da Universidade de Pernambuco (UPE). Em 299 páginas, o documento lista os centros de estudos e os equipamentos instalados nos campi e núcleos de Arcoverde (4), Benfica (Recife - 19), Caruaru (5), Garanhuns (11), Mata Norte (23), Mata Sul (1), Petrolina (34),  Salgueiro (1), Santo Amaro (Recife - 40) e Serra Talhada (5). Também foram incluídos o Instituto de Inovação Tecnológica (IIT - 8) e duas unidades de saúde do complexo hospitalar da instituição: o Hospital Universitário Oswaldo Cruz (HUOC - 11) e o Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros (Cisam - 1).

Ao todo, são 163 centros de estudos e laboratórios que integram três grandes áreas de conhecimento: Ciências da Vida; Ciências da Terra, Exatas e Engenharias e Ciências Humanas, Sociais, Letras e Artes. O catálogo descreve as atividades realizadas e identifica os coordenadores com seus e-mails e telefones para contato.

De acordo com o pró-reitor Sérgio Campello, o catálogo de laboratórios é o primeiro passo, como uma meta da UPE, na institucionalização da colaboração em pesquisa. Com a lista, a comunidade acadêmica terá conhecimento dos diversos espaços e capacidades de pesquisa espalhados por todo o estado de Pernambuco. Segundo o reitor da UPE, Pedro Falcão, o objetivo é fazer com que estes serviços estejam ao alcance de pesquisadores parceiros e também da própria população.

Quando tiver a sua versão definitiva publicada em 2021, o catálogo pretende ser um marco na atuação e no reconhecimento da importância da pesquisa na Universidade de Pernambuco. Segundo o texto de apresentação do documento, o objetivo é levar a atuação da UPE “a patamares ainda maiores, incentivando o retorno à sociedade das soluções buscadas incansavelmente pelos nossos pesquisadores”.