Ministro Aldo Rebelo conhece sistema de CT&I de Pernambuco

A secretária Lúcia Melo apresentou, hoje (12/6), ao ministro Aldo Rebelo, em reunião no final da manhã na Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, a política estadual de CT&I e as principais atividades desenvolvidas pelo Governo do Estado, através da Sectec, em Pernambuco. “A nossa pauta desafiadora é ampliar o sistema de ciência e tecnologia, integrando-o com o setor produtivo do estado”, explicou Lúcia Melo.

A secretária fez uma explanação sobre as atribuições da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, bem como apresentou as oportunidades e as vantagens competitivas de Pernambuco relacionadas à CT&I, com uma boa base já existente de recursos qualificados. Atualmente Pernambuco dispõe de 136 programas de pós-graduação reconhecidos pela Capes, cinco áreas das ciências da computação, 19 na engenharia, 936 grupos de pesquisa, três universidades federais e uma estadual, além de dois institutos SENAI de inovação nas áreas de tecnologia e Software. “Nosso desafio, agora, é melhorar a qualidade do ensino de pós-graduação, principalmente no interior do estado”.

O ministro Aldo Rebelo também conheceu as competências científicas e tecnológicas, centros de excelência em atuação em Pernambuco, consolidados como o Porto Digital e o C.E.S.A.R, eleito duas vezes como o melhor instituto de ciência e tecnologia do Brasil. Além de institutos de pesquisa, desenvolvimento e inovação, públicos e privados, que fazem o diferencial de Pernambuco na área de tecnologia e inovação.

Lúcia Melo também apresentou ao Ministro Aldo Rebelo as principais atividades em andamento na Secretaria  de Ciência, Tecnologia e Inovação, entre  elas a formulação da política estadual de CT&I, integrada com a política de desenvolvimento econômico e industrial, principalmente na construção da estratégia da indústria do futuro em Pernambuco. Nessa linha, foi apresentado o projeto para produção de fármacos e medicamentos no estado que, além de trazer tecnologia, irá baratear o preço dos remédios da lista do SUS.

Entre as ações desenvolvidas pela SECTEC está o fortalecimento da Facepe, requalificação do ITEP,  ampliação do Porto Digital, reestruturação do parque eletroeletrônico e a melhoria da qualidade da pós-graduação em Pernambuco, em especial na UPE.

Além da secretária Lúcia Melo, participaram da reunião com o ministro Aldo Rabelo, o secretário-executivo da Sectec, Leonildo Sales, os presidentes da Facepe, Abraham Sicsu, do Porto Digital, Francisco Saboya, e do ITEP, Geraldo Eugênio. Presentes também a Pró-reitora de pós-graduação da UPE, Tereza Cartaxo, o diretor científico da Facepe, Paulo Cunha, e Coordenador da Representação Nordeste do MCTI, Amaro Lins, e os diretores da Sectec Alexandre Stamford e Ana Cristina Fernandes.

Texto: Assessoria de Imprensa da Sectec.