Portal de Zoologia de Pernambuco, projeto de extensão do ICB/UPE, passa a integrar banco de dados mundial sobre educação e meio ambiente

Criado em 2017 para registrar a diversidade da fauna local em fotos e descrições científicas de fácil compreensão, o Portal de Zoologia de Pernambuco agora integra a base de dados Panorama: Solutions for a Healthy Planet, uma associação que promove bons exemplos de soluções inspiradoras e replicáveis sobre o meio ambiente em temas como conservação e desenvolvimento.

A ideia do professor adjunto do curso de Biologia do Instituto de Ciências Biológicas (ICB), Filipe Martins Aléssio, ganhou o apoio institucional da Universidade de Pernambuco (UPE), à qual o ICB é vinculado. O portal conseguiu aprovação em três editais da instituição de ensino superior e obteve recursos para ampliar a sua base de dados, que atualmente conta com 735 colaborações de usuários.      

A vinculação ao portal Panorama, que tem como parceiros a Organização das Nações Unidas e o Banco Mundial, é mais uma etapa do interesse internacional que o projeto pernambucano vem despertando. Panorama é uma plataforma desenvolvida pelo Ministério do Meio Ambiente, Conservação da Natureza e Segurança Nuclear da Alemanha, pelo Ministério do Clima e Meio Ambiente da Noruega e pelo GEF (Global Environment Facility).

Com recursos provenientes de um novo edital da UPE, o Portal de Zoologia de Pernambuco vai ganhar uma “árvore da vida”, onde os animais terão a sua relação de parentesco demonstrada de forma interativa. Das 86 unidades estaduais de conservação existentes em Pernambuco, o Portal de Zoologia tem registros de animais encontrados em sete delas. 

Como a natureza não tem fronteiras administrativas - o alerta está no próprio site - espécies fotografadas em outros estados e até em outros países também têm o seu registro garantido no portal.

O objetivo é que, como um verdadeiro projeto colaborativo, usando ferramentas da internet e a cartografia, moradores, professores, pesquisadores e universitários compartilhem o conhecimento ajudando na preservação da natureza. Além de apresentar as espécies em seus respectivos biomas, o portal também pretender apontar quais se encontram em perigo de extinção.