Professor da UPE recebe medalha de Mérito Educacional

O Conselho Estadual de Educação de Pernambuco (CEE/PE) agraciou, no dia 23/10, com a medalha e diploma Mérito Educacional Professor Paulo Freire profissionais que se destacaram no campo da Educação Pernambucana. Dentre os três condecorados está o professor da Universidade de Pernambuco (UPE), Agostinho da Silva Rosas, destaque pela atuação no Centro de Estudos Paulo Freire.

Numa cerimônia comandada pela presidente do CEE/PE, Maria Iêda Nogueira, que aconteceu no auditório do Museu do Estado, o professor da UPE recebeu, juntamente com o reitor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Anísio Brasileiro e a professora Eliete Santiago, criadora da Cátedra Paulo Freire na UFPE e que atua no Centro de Educação da Universidade, a condecoração concedida sob a luz da Resolução CEE/PE nº 01/2001.

CONDECORAÇÃO - Homenageia Paulo Freire, o mais célebre educador brasileiro, com atuação e reconhecimento internacionais. Considerado um dos principais pensadores da história da pedagogia mundial, Paulo Reglus Neves Freire (1921-1997) foi educador e filósofo e influenciou o movimento chamado pedagogia crítica.

Sua prática didática fundamentava-se na crença de que o estudante assimilaria o objeto de análise fazendo ele próprio o caminho, e não seguindo um já previamente construído. Nascido no Recife, Freire formou-se em Direito, mas nunca exerceu a profissão, preferindo dar aulas de língua portuguesa numa escola de segundo grau.

Nos anos 60, trabalhou com movimentos de educação popular, coordenou o Plano Nacional de Alfabetização, com objetivo de tirar cinco milhões de pessoas do analfabetismo. Seu método, conhecido como “pedagogia da libertação”, tinha como proposta uma educação crítica a serviço da transformação social.

Com informações da Assessoria de Comunicação do CEE/PE.