Professora realizou experimentos sobre imunossensores

A professora da Universidade de Pernambuco (UPE) Rosana Fonseca regressou, recentemente, da cidade do Porto, onde executou, durante 90 dias, experimentos junto ao Grupo de Reações e Análises Químicas (GRAQ), no Instituto Superior de Engenharia (ISEP), da Universidade do Porto. A ação aconteceu em prol do projeto de pesquisa intitulado GMOsensor - Monitoring Genetically Modified Organisms in Food and Feed by Innovative Biosensor Approaches número 612545.

 

O objetivo do projeto é o desenvolvimento de imunossensores e genossensores para a detecção de proteínas específicas marcadoras de alimentos transgênicos destinados à dieta humana e ração animal. O estudo conta com financiamento da Fundação Marie Curie Actions International Research Staff Exchange Scheme (IRSES), da Comunidade Européia, e visa ainda a mobilidade de pesquisadores entre continentes para a troca de conhecimentos em suas áreas de domínio.

Para a professora, a experiência no trabalho tem sido bastante positiva. “No ponto de vista profissional, é enorme o aprendizado uma vez que a troca de conhecimento entre os grupos está sendo total e sem restrições. Por exemplo, fui à cidade do Porto aprender novas tecnologias. Sob o ponto de vista pessoal, trabalhar e conviver com pessoas de diferentes nações, não só de Portugal, amplia nossas relações, aproximando a todos não tem preço. O ganho é mútuo e de um valor incalculável.”

O projeto tem a coordenação geral da doutora Cristina Delerue do GRAQ e envolve nove grupos de pesquisadores dos continentes europeu e latino-americano, sendo dois grupos da Universidade do Porto, dois espanhóis (Oviedo e Complutense), três brasileiros (UPE, UFPI e USP) e dois argentinos (Rio Cuarto e Patagônia). A execução do projeto começou em 2013 e se encerrará ainda neste ano.

A pesquisadora espanhola Beatriz Lopez Ruiz, da Universidade Complutense de Madri, esteve aqui no Recife no início deste ano e participou de estudo durante um mês no Laboratório de Imunologia e Parasitologia do Instituto de Ciências Biológicas da UPE, quando também fez uma visita ao reitor da instituição pernambucana, professor Pedro Falcão.

* Na foto, o grupo da UPE.