UPE terá R$ 3 milhões para projetos de inovação tecnológica

A Universidade de Pernambuco (UPE) vai dispor de R$ 3 milhões para financiar bolsas de pesquisa e projetos de extensão nas áreas de ciência e tecnologia voltadas para a indústria. O dinheiro será proveniente do Fundo de Inovação do Estado de Pernambuco (Inovar-PE), que sofreu modificações na sua legislação para facilitar a transferência de recursos para a UPE.

Para o reitor Pedro Falcão, o “reforço no caixa” quando a instituição de ensino celebra 30 anos de fundação representa uma oportunidade para professores e alunos e também a consolidação do Instituto de Inovação Tecnológica (IIT), que foi inaugurado em dezembro de 2018 para dar suporte ao desenvolvimento de produtos e serviços.

Os interessados deverão montar projetos e concorrer a editais, mas além dos 15 campi da espalhados no estado, o IIT terá recursos provenientes do fundo Inovar-PE por causa da sua estrutura e proposta.

O Instituto de Inovação Tecnológica abriga oito laboratórios de pesquisa e desenvolvimento alinhados aos programas de pós-graduação da UPE e às diversas demandas da indústria local e nacional: Manufatura Avançada, Energias Renováveis, Biotecnologia, Sistemas Construtivos, Optoeletrônica, Sistemas Ciber-físicos, Data Science e Telemática e Visão Computacional.

Além disto, o prédio no bairro da Várzea, situado dentro do Complexo do Parque Tecnológico de Eletroeletrônicos (Parqtel), no Recife, conta com nove laboratórios de inovação destinados à finalização de produtos e processos tecnológicos desenvolvidos nos projetos fomentados por empresas, salas de reunião, espaço de convivência, auditório e copa. O investimento na estrutura de 1,6 mil metros quadrados foi de R$ 6,5 milhões.