UPE vai receber recursos do fundo Inovar-PE para bolsas de pesquisa e projetos de extensão

A Universidade de Pernambuco (UPE) vai ter direito a receber recursos do Fundo de Inovação do Estado de Pernambuco (Inovar-PE) para financiar bolsas de pesquisas e projetos de extensão. O reforço no caixa da instituição de ensino superior que completa 30 anos de fundação em 2021 foi anunciado na tarde desta quinta-feira (7) pelo governador Paulo Câmara.

De acordo com Paulo Câmara, Pernambuco passou nos últimos anos por um processo profundo de industrialização e é preciso fortalecer este ambiente econômico com inovação. “O Inovar-PE representa uma oportunidade para estudantes e professores que pensam o futuro em ações voltadas para a ciência e tecnologia”, disse.   

Os recursos que serão liberados para a UPE são resultado da adequação da operacionalização da legislação que instituiu o fundo e a obrigatoriedade de investimentos em pesquisa, desenvolvimento e inovação por contribuinte do ICMS beneficiário de incentivo fiscal.

A nova lei assinada pelo governador estabelece uma fonte específica de orçamento exclusivo para os recursos do Inovar-PE, que tem em caixa R$ 6 milhões. O gerenciamento de outra parcela do fundo ficará a cargo da Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco (Facepe). O Inovar-PE foi criado em 2013.

O governador Paulo Câmara também lançou nesta quinta-feira o Programa Pernambuco na Universidade (Prouni-PE). A ação será coordenada pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e vai destinar mil bolsas de estudo, no valor de R$ 500 cada, para alunos matriculados em instituições privadas de ensino superior.

Os beneficiados devem cumprir os seguintes requisitos: não serem portadores de diploma, apresentarem renda familiar mensal per capita que não exceda o valor de um salário mínimo e meio, e terem cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou em instituições privadas na condição de bolsista integral. Os recursos serão provenientes do tesouro estadual.

A solenidade realizada no Palácio do Campo das Princesas contou com a participação da vice-governadora Luciana Santos, do secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Lucas Ramos, e do reitor da UPE, Pedro Falcão.