Ciências Biológicas

  • Sobre o curso
  • Coordenação

O Curso de Bacharelado em Ciências Biológicas do Instituto de Ciências Biológicas – ICB/UPE foi autorizado pelo Conselho Universitário através da Resolução CONSUN Nº 005/98, tendo sido implantado no ano letivo de 2000. Ao longo desses anos, o curso passou por reformas e atualizações curriculares e pedagógicas, buscando atender aos anseios da sociedade e as legislações em vigor.

O Curso de Bacharelado em Ciências Biológicas da UPE apresenta uma formação diferenciada em três áreas, biotecnologia, saúde e meio ambiente. Estas áreas, denominadas ênfases, são fortemente identificadas com as novas perspectivas de atuação do biólogo, em uma visão atualizada e prática das possibilidades profissionais em mercados emergentes, não deixando, porém, de contemplar as formações para o biólogo que pretende atuar nos mercados mais tradicionalmente identificados com a profissão.

A ênfase meio ambiente prepara o futuro biólogo para fazer a análise crítica do ambiente e ser capaz de intervir para a melhoria e/ou remediação do meio. Este estudante é preparado nos aspectos relacionados a planejamento ambiental, manejo e conservação de ecossistemas, poluição ambiental, biodiversidade de ecossistemas, gestão ambiental, educação ambiental, tecnologia ambiental.

A ênfase saúde visa a formação do biólogo identificado com as áreas clínicas, que terá sua preparação voltada para as áreas de parasitologia, microbiologia parasitária, processos patológicos gerais, micologia aplicada, saúde pública, imunopatologia e hematologia.

A ênfase em Biotecnologia, por sua vez, tem o objetivo de formar o biólogo para atuação em áreas de exploração tecnológica de organismos ou partes deles, visando a produção de novos insumos e tecnologias. Nesta formação, o futuro biólogo é preparado nas áreas de tecnologia microbiana, tecnologia enzimática, biosseparação, processamento e controle de qualidade de alimentos, cultura de tecidos vegetais, biologia molecular aplicada, biotecnologia e ambiente.

Importante destacar que o Curso de Bacharelado em Ciências Biológicas da UPE tem demonstrado, em todos os processos avaliativos realizados até então pelo Ministério da Educação, excelente resultado, com nota A no Provão e nota 4,0 (em uma escala até 5,0) nas provas do ENADE em todas as avaliações realizadas até o momento.

PLENO DO CURSO

De acordo com o Art.55 do Estatuto da Fundação Universidade de Pernambuco – UPE, o Pleno do Curso de Bacharelado em Ciências Biológicas do ICB, colegiado subordinado ao Conselho de Gestão Acadêmica e Administrativa – CGA, com funções normativas e deliberativas, é composto por todos os professores do Curso e por uma representação estudantil indicada pelo Diretório Acadêmico do Curso, perfazendo 30% do total desse colegiado.

DADOS GERAIS

Bacharelado em Ciências Biológicas
Autorização: Resolução CONSUN Nº 005/98
Reconhecimento: Portaria SEDUC No 4776, de 14/09/2004
Renovação do reconhecimento: Portaria SE No 2683, de 08/04/2011
Vagas oferecidas ingresso vestibular: 40 vagas na 1a Entrada e 40 vagas na 2a Entrada
Contato: Telefone: (81) 3183-3309

Coordenador: Prof. Filipe Martins Aléssio
Vice-Coordenadora: Profa. Sura Wanessa Nogueira Santos Rocha

Atribuições:

De acordo com o Artigo 12 do Regimento Geral da Universidade de Pernambuco – UPE, a Coordenação do Curso, com função de gestão acadêmica, visa assegurar a qualidade do Curso, a unidade, a interdisciplinaridade, a integralidade, a regularidade às atividades científicas e didático-pedagógicas, a articulação com as demais Coordenadorias, com o mundo do trabalho e com a sociedade, desenvolvendo as seguintes funções:

  • Acompanhar os Planos de Atividades Docentes em conjunto com o Pleno do Curso;
  • Mobilizar o Pleno do Curso para o planejamento administrativo-pedagógico semestral e o cumprimento do calendário específico e das demais atividades do Curso;
  • Presidir as reuniões do Pleno do Curso, congregando os docentes e as representações discentes;
  • Assegurar a integralização da carga horária prevista para o curso no PPC, como uma das condições necessárias à qualidade do ensino e da aprendizagem;
  • Acompanhar projetos científicos, de extensão, culturais e de planos de trabalho no âmbito do Curso;
  • Assistir ao aluno nas questões didático-pedagógicas e de convivência;
  • Assegurar a dinâmica e a complementaridade entre os componentes curriculares, os programas, os projetos e as atividades;
  • Zelar pelo cumprimento integral do PPC, dos planos de atividades docentes e das avaliações de estudos;
  • Participar do planejamento e da execução de eventos acadêmicos e culturais, em conjunto com as demais Coordenadorias e Representação Estudantil;
  • Propor nomes de professores para participação em bancas examinadoras de concursos públicos;
  • Propor ao Coordenador de Graduação da Unidade a criação de vagas docentes;
  • Fazer cumprir as deliberações do Pleno do Curso no âmbito de suas atribuições;
  • Encaminhar as demandas administrativas do Curso às instâncias competentes da Unidade, respeitando-se a estrutura hierárquica;
  • Solicitar à Coordenadoria de Apoio Acadêmico as demandas técnicas de material e equipamentos necessários ao desenvolvimento curricular e demais atividades;
  • Certificar as atividades de ensino, pesquisa, extensão e cultura promovidas pelo Curso;
  • Monitorar o lançamento de informações pelos professores do Curso, no Sistema de Controle Acadêmico;
  • Informar as faltas de professores às reuniões, encaminhando-as à Coordenadoria de Apoio às Atividades Acadêmicas;
  • Apresentar à Coordenadoria de Graduação o Relatório Anual das atividades acadêmicas do Curso;
  • Solicitar à Coordenadoria de Graduação para, junto à Coordenadoria de Apoio Acadêmico, promover o atendimento às demandas técnicas, de material e equipamentos necessários ao desenvolvimento das atividades;
  • Desempenhar outras atividades inerentes à Coordenadoria do Curso.