Projetos de Extensão

LIGA ACADÊMICA DE CIRURGIA BUCO-MAXILO-FACIAL: A ESPECIALIDADE AO ALCANCE DA POPULAÇÃO

LIGA ACADÊMICA DE CIRURGIA BUCO-MAXILO-FACIAL: A ESPECIALIDADE AO ALCANCE DA POPULAÇÃO

RESUMO DO PROJETO

A Liga Acadêmica Buco-Maxilo-Facial é um projeto que atua informando a população sobre a especialidade de Cirurgia Buco-maxilo-facial visando à promoção em saúde, oferecendo atendimento aos pacientes economicamente desfavorecidos, bem como proporcionar conhecimento técnico-científico aos alunos da graduação da Faculdade de Odontologia de Pernambuco.

INTEGRANTES
BELMIRO CAVALCANTI DO EGITO VASCOCELOS
Coordenador
Lattes

TRAUMATISMO DENTAL: O QUE FAZER?

TRAUMATISMO DENTAL: O QUE FAZER?

INTEGRANTES
ANA CLAUDIA AMORIM GOMES DOURADO
Coordenadora
Lattes

SAÚDE COLORIDA

SAÚDE COLORIDA

RESUMO DO PROJETO

Este projeto tem como objetivo promover a educação em saúde, com ênfase em saúde bucal para estudantes (crianças e adolescentes) da Escola Santa Apolônia, localizada no Campus Camaragibe da UPE. As atividades envolvem palestras, elaboração de cartazes, panfletos, jogos, oficinas e tutoriais. Os temas abordados são: saúde bucal, higiene, alimentação, consumo de drogas licitas e elícitas, prática de atividade sexual e prática de atividade física. Outros temas podem ser considerados de acordo com a solicitação da população-alvo desse projeto. A avaliação do programa ocorre através de grupos focais visando verificar a apreensão das informações e relato de mudanças de hábitos, com aquisição de condutas saudáveis.Equipe docente: Viviane Colares, Valdenice Menezes, Carolina da Franca, Fabiana Godoy
Equipe discente em 2017 formada por 10 alunos de graduação do curso de Odontologia.

INTEGRANTES
VIVIANE COLARES SOARES DE ANDRADE AMORIM
Coordenadora
Lattes

PROJETO INSURREIÇÃO

PROJETO INSURREIÇÃO

RESUMO DO PROJETO

O Projeto Insurreição tem como propósito possibilitar aos alunos de graduação da FOP/UPE a aplicação dos conhecimentos adquiridos em sala de aula, de forma interdisciplinar, diretamente no serviço público do interior, promovendo prevenção das doenças bucais, principalmente cárie e doenças periodontais. O distrito de Insurreição tem aproximadamente um mil e trezentos moradores, distante do Recife em 93km e a equipe desloca-se uma vez ao mês para realizar o atendimento. Com o intuito de trabalhar na prevenção das doenças são praticadas ações que buscam informar, orientar e realizar tratamentos curativos dos problemas odontológicos comuns no lugarejo. As informações e orientações são realizadas na sala de espera, por meio de palestras nas escolas e distribuição de panfletos. O projeto é composto por dois professores, uma dentista, seis alunos e o pessoal de apoio das escolas e posto de saúde da família. Este projeto vem realizando ações nesta mesma comunidade pelo quinto ano consecutivo.

INTEGRANTES
JOSUE ALVES
Coordenador
Lattes

PROJETO CINE VIDA UPE: O CINEMA COMO RECURSO DIDÁTICO REFLEXIVO E HUMANIZADOR DO CAMPUS CAMARAGIBE

PROJETO CINE VIDA UPE: O CINEMA COMO RECURSO DIDÁTICO REFLEXIVO E HUMANIZADOR DO CAMPUS CAMARAGIBE

RESUMO DO PROJETO

Este projeto tem como objetivo promover a educação em saúde, com ênfase em saúde bucal para estudantes  (crianças e adolescentes) da Escola Santa Apolônia, localizada no Campus Camaragibe da UPE. As atividades envolvem palestras, elaboração de cartazes, panfletos, jogos, oficinas e tutoriais. Os temas abordados são: saúde bucal, higiene, alimentação, consumo de drogas licitas e elícitas, prática de atividade sexual e prática de atividade física. Outros temas podem ser considerados de acordo com a solicitação da população-alvo desse projeto. A avaliação do programa ocorre através de grupos focais visando verificar a apreensão das informações e relato de mudanças de hábitos, com aquisição de condutas saudáveis.

INTEGRANTES
MONICA MARIA DE ALBUQUERQUE PONTES
Coordenadora
Lattes

HUMANIZA FOP - SAÚDE ESPIRITUALIDADE E CIÊNCIA

HUMANIZA FOP - SAÚDE ESPIRITUALIDADE E CIÊNCIA

RESUMO DO PROJETO

Este projeto de extensão se apresentou como um espaço agregador de estudantes, professores, servidores e usuários desta Faculdade de Odontologia de Pernambuco visando preencher lacunas existentes durante o processo de formação do cirurgião dentista integral e sua relação com a sociedade a qual está inserido. Através de ações de Ensino, Pesquisa e Extensão desenvolvidas na comunidade e na Instituição, pretendeu-se ajudar a firmar conceitos importantes relacionados à saúde, ciência e espiritualidade, contribuindo para a formação de profissionais de saúde com visão integral do ser humano, contribuir para a ampliação do pensamento científico, consolidando a importância do estudo da espiritualidade e sua relação com a saúde dentro do currículo e no pensamento dos futuros profissionais, gestores e usuários do sistema de saúde, além de promover a humanização e o cuidado integral à saúde das pessoas. Proporcionou conhecimentos científicos à comunidade acerca da interação entre ciência e espiritualidade, de forma interdisciplinar e interinstitucional, através da realização de discussões de casos clínicos, conferências e eventos integrando estudantes, professores, pesquisadores de variadas áreas e instituições no aprofundamento do estudo da construção da saúde integral através das contribuições da espiritualidade. Estas discussões poderão ainda gerar pesquisas para publicações científicas e apresentação em congressos, bem como deu origem a um TCC (trabalho de conclusão de curso) e iniciativas para a possibilidade do surgimento do componente curricular optativo Saúde e Espiritualidade.

INTEGRANTES
KATTYENNE KABBAZ ASFORA
Coordenadora
Lattes

CAMPANHA DE PREVENÇÃO AO TRAUMA DE FACE E INTEGRIDADE FÍSICA DOS MOTOCICLISTAS

CAMPANHA DE PREVENÇÃO AO TRAUMA DE FACE E INTEGRIDADE FÍSICA DOS MOTOCICLISTAS

INTEGRANTES
GABRIELA GRANJA PORTO
Coordenadora
Lattes
Viviane Colares
Docente
Lattes
Valdenice Menezes
Docente
Carolina da Franca
Docente
Lattes
Fabiana Godoy
Docente

RESGATANDO SORRISOS

RESGATANDO SORRISOS

RESUMO DO PROJETO

O Programa de Extensão Universitária Resgatando Sorrisos, da Universidade de Pernambuco (UPE) há sete anos oferece ações e informações em saúde bucal no estado de Pernambuco. Abrangem as áreas da prótese dentária, prevenção do câncer bucal, dentística e grupo de pesquisa com protocolos e metodologias buscando assistir e conhecer populações de baixa renda beneficiadas pelo programa. Conta com uma equipe de 70 pessoas entre professores da UPE; UFPE; USP; UNESP; USC. As ações do programa são realizadas durante 10 meses por ano, com o seu ápice na realização de ação social onde, acadêmicos (n=41), pós-graduandos (n=7), técnicos em prótese dentária (n=10) e professores atendem a população, proporcionando benefícios, no que se refere à saúde bucal. Durante a ação de 2017, no município de Paudalho, foram realizados, em 3 dias, mais de 719 procedimentos odontológicos, 19 pacientes reabilitados com 38 próteses totais. Além das ações presenciais, o programa realiza postagens diárias em mídias sociais, tendo um alcance de mais de 100 mil visualizações somente em 2017. No que se refere à qualidade de vida da população, que está diretamente ligada à saúde bucal, é fundamental que todos os indivíduos tenham acesso aos serviços de saúde. A extensão universitária é uma ferramenta que pode contribuir de forma significativa e eficaz na propagação de informações em saúde bucal das populações assistidas, visando atitudes multiplicadoras desses indivíduos dentro dos seus núcleos sociais.

INTEGRANTES
SANDRA LUCIA DANTAS DE MORAES
Coordenadora
Lattes

RADIAÇÃO: QUEBRANDO TABUS - ANO 2

RADIAÇÃO: QUEBRANDO TABUS - ANO 2

RESUMO DO PROJETO

O projeto consolida e amplia o conhecimento adquirido na curricular Radiologia I, pelos alunos do Curso de Graduação em Odontologia, com a idealização e preparação de material didático sobre as radiações, a ser abordado por estes, em escolas de ensino médio, promovendo desta forma a criação de um projeto fundamentado na interinstitucionalidade e na interdisciplinaridade direcionadas à construção do conhecimento das radiações. Trabalharemos neste segundo ano com 240 estudantes de 06(seis) turmas da Escola de Referência em Ensino Médio Cândido Duarte, situada na Rua Dois Irmãos, s/n, Bairro do Apipucos, Recife-PE. Com este projeto, objetivamos construir uma visão sobre o assunto que esteja voltada para a formação de um cidadão contemporâneo, crítico, atuante e solidário, com instrumentos para compreender, intervir e participar do mundo em que vivem de forma responsável e segura. Desmistificando o uso e aplicações das radiações iremos levar à comunidade informações com suporte científico, contextualizando com a realidade, necessidade e problemas do mundo moderno, contribuindo também com a melhora de sua qualidade de vida. QUANTIDADE DE VAGAS: 12 (doze), para alunos matriculados em 2017.1, no 4º ao 9º períodos.

INTEGRANTES
LUCIANE FARIAS DE ARAÚJO
Coordenadora
Lattes

UPE CAPACITA

UPE CAPACITA

RESUMO DO PROJETO

O projeto UPECAPACITA  é desenvolvido no município de Palmares e visa levar conhecimento científico  para ser aplicado na  prática clínica . Duas ações iniciais estão sendo desenvolvidas : Capacitação em Biossegurança  : avaliação de todos os PSFs e CEOs , feito atarvés de visitas aos locais para conhecer as rotinas , dando um feedback das necessidades de mudança ao coordenador de Saúde Bucal e palestra de orientações para os CDs e ASBs . A segunda ação é capacitação dos CDs para levantamento epidemiológico (CPOD) nas escolas do município.

INTEGRANTES
MARIA ELEONORA DE ARAÚJO BURGOS
Coordenadora
Lattes

PROJETO PARA ATENDIMENTO A ATLETAS DA ASSOCIAÇÃO TAEKWONDO PARA TODOS

PROJETO PARA ATENDIMENTO A ATLETAS DA ASSOCIAÇÃO TAEKWONDO PARA TODOS

INTEGRANTES
ANTONIO ALBERTO MEDEIROS SALGADO
Coordenador
Lattes

CONDUTAS DO BEM

CONDUTAS DO BEM

RESUMO DO PROJETO

Trata-se de uma pesquisa-ação com o objetivo de promover atividades educativas que permitam reflexão sobre os temas relacionados a comportamentos de risco para a saúde de adolescentes estudantes de escolas da rede estadual de Olinda com avaliação das acões pós intervenção. Como objetivos específicos pretende-se realizar atividades de educação sobre comportamentos de risco para a saúde de adolescentes através de discussões geradas a partir de atividades interativas assim como avaliar o impacto das ações desenvolvidas através da aplicação da escala de Likert após a realização das ações com o público alvo. As ações serão realizadas em escolas da rede de ensino pública Estadual, do município de Olinda, localizado na região metropolitana de Recife-PE. O publico alvo será composto por adolescentes que estiverem regularmente matriculados na escola e que estiverem com idade entre 14 a 19 anos. Estima-se que semestralmente uma escola participe da intervenção com cerca de 120 alunos sendo cerca de 30 alunos por ação e cerca de 4 ações por semestre. Ao final de 5 anos em torno de 600 adolescentes terão sido abordados pelas ações de maneira direta sendo que esses 600 adolescentes possivelmente multiplicarão as informações recebidas. As atividades educativas serão realizadas através de discussões promovidas seguindo roteiros previamente traçados. As ações serão realizadas no segundo semestre de cada ano (2017 até 2021) a fim de promover uma tentativa de consolidação das informações passadas. Após as ações por meio da promoção das discussões e da realização das dinâmicas planejadas serão realizadas avaliações por meio da aplicação de uma escala de 5 pontos, tipo Likert onde o 5 representa uma discussão extremamente proveitosa e 1 aquela muito pouco proveitosa. As ações serão realizadas em dias diferentes, para melhor aproveitamento dos participantes. O impacto das ações será avaliado pelas análises das respostas na escala tipo Likert após cada ação de maneira descritiva e exploratória. A pesquisa-acão apresenta como risco o constrangimento que os participantes poderão vivenciar, mediante exposição de temas que podem trazer algum desconforto. Todavia, a pesquisa-ação trará como benefícios a oportunidade de esclarecer dúvidas sobre a importância das condutas de saúde e as consequências de não adotá-las especialmente na fase da vida da adolescência. O estudo respeitará a resolução 466/2012 do Conselho Nacional da Saúde do Ministério da Saúde, que trata da pesquisa envolvendo seres humanos, resguardando os princípios éticos da justiça, beneficência e da não maleficência.

INTEGRANTES
CAROLINA DA FRANCA
Coordenadora
Lattes

LIGA ACADEMICA DE PERIODONTIA FOP-UPE

LIGA ACADEMICA DE PERIODONTIA FOP-UPE

RESUMO DO PROJETO

As atividades da Liga Acadêmica de Periodontia tem sido realizadas em reuniões presenciais mensais, onde serão discutidos temas de relevância desta especialidade, e ainda com discussões em ambientes virtuais (grupo de discussão no Facebook). Nos últimos dois anos, as atividades da Liga já proporcionaram a realização de dois encontros científicos com a participação de mais de 150 dentistas e acadêmicos de Odontologia (número aproximado de participantes do Encontro da LAP em 2016). Também já foi desenvolvida uma segunda proposta de extensão, com a atuação dos alunos na orientação de cuidadores de idosos em casas de repouso, com vistas a melhorar a qualidade de vida destes pacientes, a qual ainda não foi iniciada. Ações junto à comunidade também devem ser intensificadas, como ações educativas e mutirões de atendimento, bem como o foco nas publicações e desenvolvimento de investigações científicas. Videoconferências para intercâmbio com centros de excelência nacionais e internacionais na especialidade também tem sido realizadas.Alunos participantes (graduação): 20 (vinte)

INTEGRANTES
RENATO DE VASCONCELOS ALVES
Coordenador
Lattes

ATENÇÃO ODONTOLOGICA BASICA A JOVENS CARENTES MATRICULADOS EM ESCOLAS DA REDE ESTADUAL

ATENÇÃO ODONTOLOGICA BASICA A JOVENS CARENTES MATRICULADOS EM ESCOLAS DA REDE ESTADUAL

RESUMO DO PROJETO

Este projeto de extensão visa oferecer atenção odontológica básica a jovens de comunidades carentes, matriculados em escolas da rede estadual de ensino.
Ação desenvolvida: Este projeto teve início em 2015.1. Atualmente conta com a participação de 3 docentes, 9 alunos de pós-graduação e 12 de graduação. É realizado nas clínicas da Faculdade de Odontologia da UPE. São atendidos participantes do ensaio clínico randomizado “Desempenho de restaurações classe I com resinas bulk fill: ensaio clínico randomizado” e jovens assistidos nas casas de acolhimento institucional, Casa da Madalena e Casa Vovó Geralda, totalizando cerca de 60 voluntários. Inicialmente os voluntários passam por uma triagem nas próprias escolas e aqueles assistidos pelas casas de apoio encaminhados a FOP mediante necessidade. Dentro deste projeto são realizadas orientações básicas de saúde geral e higiene bucal, assim como escovação dental supervisionada. São realizadas avaliação inicial e adequação do meio bucal, possibilitando aos participantes a manutenção de uma higiene bucal adequada. Em seguida realizado planejamento das ações clínicas e execução de plano de tratamentos, primeiramente de caráter emergencial. Todas as atividades são realizadas por alunos da graduação, acompanhados pelo professor responsável e/ou aluno de pós-graduação. Na área de endodontia, os alunos recebem treinamento e atendem os voluntários com as novas tecnologias, recursos estes que não estão disponíveis nas clínicas da graduação.
Considerações finais: Este projeto atua de maneira educativa e terapêutica, contribuindo para melhora das condições de saúde bucal do público-alvo. Atua de forma positiva sobre a formação dos alunos da graduação, pois estes têm a oportunidade de aprender novas técnicas e aprimorar seus conhecimentos. Para os alunos de pós-graduação possibilita o desenvolvimento de práticas docentes, assim como a transferência de conhecimentos da pós-graduação para a sociedade.

INTEGRANTES
GABRIELA QUEIROZ DE MELO MONTEIRO
Coordenadora

INFORMADOLESCENTE

INFORMADOLESCENTE

RESUMO DO PROJETO

Este projeto de extensão pretende abordar a saúde bucal relacionada com o uso do piercing entre adolescentes e possíveis comportamentos de risco associados a esse agravo com o objetivo de prevenir ou interceptar comportamentos de risco para a saúde bucal de adolescentes por meio de ações que promovam a discussão e a reflexão sobre tais comportamentos. A população-alvo desse projeto será composta por adolescentes escolares da rede estadual de ensino de Olinda na faixa etária de 15 a 19 anos de ambos os sexos. As ações estão sendo elaboradas com embasamento na literatura e estão planejadas para acontecerem em novembro. Os adolescentes participarão dessas ações de modo interativo sendo estimulados a discutirem o uso do piercing a fim de que esclareçam dúvidas, previnam e sejam desestimulados à adorem comportamentos que prejudiquem sua saúde. As ações serão avaliadas pelos adolescentes participantes que também serão estimulados a colocarem suas intenções de modificar algum comportamento que eles tenham identificado como comportamento de risco para à saúde.
Participam desse projeto 3 alunas de graduação em Odontologia, 2 alunas do Programa de
Mestrado em Hebiatria e 1 professora de ambos os cursos.

INTEGRANTES
CAROLINA DA FRANCA
Coordenadora
Lattes
Roberta Maria Sales Alencar Sampaio
Aluna da Graduação
Iracy Vasconcelos Soares
Aluna da Graduação
Israela de Andrade Lins
Aluna da Graduação
Laura Xavier de Moraes
Aluna do Mestrado
Lívia Almeida Amaral
Aluna do Mestrado

OFICINA DO SORRISO: A ARTE DO CLOWN COMO RECURSO PARA PROMOÇÃO DE SAÚDE NA ROTINA HOSPITALAR

OFICINA DO SORRISO: A ARTE DO CLOWN COMO RECURSO PARA PROMOÇÃO DE SAÚDE NA ROTINA HOSPITALAR

RESUMO DO PROJETO

O presente trabalho tem por objetivo intervir, de forma lúdica, nas enfermarias dos hospitais da rede pública do Recife e região metropolitana e nas salas de espera odontológicas, na perspectiva de promover saúde geral, bucal e cidadania de forma integral, intersetorial e interdisciplinar, possibilitando o exercício de práticas educativas de incentivo e orientação em saúde bucal.

INTEGRANTES
VERONICA MARIA DE SÁ RODRIGUES
Coordenadora
Lattes