Vestibular EAD 2023 da Universidade de Pernambuco está com inscrições abertas até 30 de junho

Estão abertas, a partir desta segunda-feira (30), as inscrições para o Vestibular EAD 2023 da Universidade de Pernambuco, que oferece 1.410 vagas em cinco cursos de graduação (quatro licenciaturas e um bacharelado) na Modalidade a Distância.

O edital e o link para inscrição estão disponíveis em https://processodeingresso.upe.pe.gov.br/ead_mobilidade.html

O prazo para inscrição termina no dia 30 de junho. A taxa é de R$ 110. Para solicitar a isenção deste valor, o candidato deve preencher, no campo correspondente do formulário eletrônico, o seu Número de Inscrição Social (NIS).

O candidato(a) deve, de posse do número do seu próprio CPF, iniciar a inscrição e informar os dados solicitados no cadastro. Nesse momento, ele(a) deve criar uma senha de acesso que será solicitada para ativação através do e-mail pessoal informado.

O Vestibular EAD 2023 prevê 1.260 vagas para as licenciaturas em Ciências Biológicas, História, Letras e Pedagogia e 150 vagas para o bacharelado em Administração Pública, de acordo com o edital n° 09/2022.

As provas serão realizadas no dia 21 de agosto na cidade-polo de escolha do curso do candidato, cujo local será indicado no Cartão Informativo do Candidato.

A seleção acontecerá em etapa única, com duração de quatro horas e trinta minutos, no turno da manhã.

As vagas estão distribuídas em 16 polos presenciais: Afrânio, Águas Belas, Cabrobó, Carpina, Floresta, Fernando de Noronha, Gravatá, Jaboatão dos Guararapes, Ouricuri, Palmares, Santa Cruz do Capibaribe, São José do Egito, Sertânia, Surubim, Tabira e Triunfo.

MAIS INFORMAÇÕES:
Telefones:(81) 3183-3660/3183-3791
Site:http://processodeingresso.upe.pe.gov.br
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

PROEC divulga resultado final do edital para cadastro reserva de docente extensionista do PREVUPE

O Pré-vestibular da Universidade de Pernambuco (PREVUPE) divulgou nesta sexta-feira (27) o resultado final do edital 08/2022 que trata da seleção de cadastro reserva de docente extensionista.

Os selecionados irão atuar em 45 polos do PREVUPE distribuídos em 39 municípios do estado. As aulas terão início no dia 11 de junho.

A lista está disponível neste link: http://www.upe.br/edital-sele%C3%A7%C3%A3o-de-cadastro-reserva-para-docente-extensionista-do-prevupe-08-2022.html

A Pró-reitoria de Extensão e Cultura da Universidade de Pernambuco (PROEC/UPE) publicou ainda alterações no edital a respeito de valor de remuneração e treinamento virtual antes do início do PREVUPE.

O incentivo financeiro para os estudantes matriculados em curso superior de licenciatura ou estudantes de pós-graduação lato sensu ou stricto sensu que atuarão como docentes extensionistas passou de R$ 19 para R$ 20 por hora trabalhada.

Os selecionados deverão passar por uma formação inicial virtual nos dias 29 de maio e 4 de junho, obedecendo à seguinte divisão:

29 de maio de 2022: manhã (9h às 12h) e tarde (14h às 17h) exclusivamente para os docentes extensionistas classificados para o componente curricular Espanhol.

4 de junho de 2022: manhã (9h às 12h) e tarde (14h às 17h) para os docentes extensionistas classificados em Português (Análise Linguística); Português (Literatura e Produção Textual); Matemática; Física; Química; Biologia; História/Filosofia; Geografia/Sociologia e Inglês.

O endereço da sala do Google Meet para esta formação virtual será enviado aos classificados através do e-mail cadastrado.

O PREVUPE é uma atividade de extensão realizada em conjunto pela Pró-reitoria de Extensão e Cultura da UPE (PROEC), pelo Instituto de Apoio à Universidade de Pernambuco (IAUPE) e pela Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco (SEE-PE), que é a financiadora integral do projeto.

UPE participa de encontro nacional de pró-reitores de pesquisa e pós-graduação

A Universidade de Pernambuco está representada no Encontro Anual dos Pró-reitores de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação das Universidades Estaduais, que acontece até esta sexta-feira (27) na Universidade Estadual de Maringá (UEM), no Paraná.

O evento, que discute os desafios e o futuro das pesquisas nas instituições superiores, tem a participação do pró-reitor de Pós-graduação, Pesquisa e Inovação da UPE, Sergio Campello, além do coordenador geral de Pós-Graduação, Byron Leite, e do coordenador geral de Inovação Bruno Carvalho.

"Este encontro é um fórum importante para debater a pós-graduação e a pesquisa no Brasil. A representação da UPE no evento é fundamental para estabelecer um bom diálogo com as principais agências de fomento à pesquisa no país", destacou o pró-reitor da PROPEGI/UPE, Sergio Campello.

Inovação, pesquisa e pós-graduação são temas centrais do encontro que também pretende promover a troca de experiências entre as instituições, pesquisadores e agentes financiadores.

As atividades fazem parte do Fórum Nacional de Pró-Reitores de Pesquisa e Pós-Graduação (Foprop) que reúne mais de 250 universidades brasileiras e instituições de pesquisa científica e tecnológicas, abrangendo federais, estaduais, municipais, comunitárias e privadas.

Juntas, elas buscam, além do fortalecimento e ampliação de pesquisas e da pós-graduação, a aproximação entre os gestores dessas áreas da educação superior para discutir as peculiaridades regionais de cada filiada. Para isso foi criado o Encontro Nacional de Pró-reitores de Pesquisa e Pós-Graduação (Enpropp).

“A educação enfrentou, nos últimos anos, uma crise no investimento, mas agora há sinais de descontingenciamento obrigatório do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT) para promover também o desenvolvimento econômico e social do país”, disse o presidente do Foprop, Robério Rodrigues.

Em 2021 o Congresso Nacional proibiu que o orçamento fosse contingenciado. Segundo Rodrigues, os recursos como suporte público vêm por meio de contribuição de 14 fundos setoriais a partir da iniciativa privada com destino a fomentar o desenvolvimento científico e tecnológico.

* Com informações da UEM

PROEC divulga resultado final de seleção de bolsista para Lócus de Inovação Socioambiental

A Pró-reitoria de Extensão e Cultura da Universidade de Pernambuco (PROEC/UPE) divulgou nesta sexta-feira (27) a lista de cinco estudantes selecionados para atuar como bolsistas do Lócus de Inovação Socioambiental. Neste edital, a vaga é apenas para quem obteve a primeira colocação, sendo os demais ficando em lista de espera em caso de desistência.

A lista está disponível neste link: http://www.upe.br/edital-selecao-bolsistas-de-extensao-para-locus-de-inovacao-socioambiental-11-2022.html

O aprovado receberá auxílio financeiro de R$ 500 pelo período de 13 meses. O período de atuação será de 1º de junho de 2022 a 30 de junho de 2023. O benefício concedido será uma bolsa BFI (Facepe).

O bolsista da UPE participará de encontros regulares, reuniões, imersões, oficinas e apresentações de propostas pelas equipes de trabalho formadas pelos proponentes do projeto de desenvolvimento de um Ecossistema de Inovação Socioambiental na Região Metropolitana no Recife.

A iniciativa envolve os seguintes parceiros da UPE: Associação da Imprensa de Pernambuco (AIP), CESAR School, Rede LIVRE Academy e Universidade Católica de Pernambuco (Unicap).

Os estudantes destas instituições terão a oportunidade de ajudar a mapear atores da comunidade situadas nos territórios do projeto (Beberibe, Santo Amaro e Comunidade do Pilar), desenvolver projetos de extensão e pesquisa por meio da instalação de laboratório climático e orientar a criação e o desenvolvimento de negócios de impacto.

Laboratório Interseccional de Gênero, Discurso e Direitos Humanos da UPE/CNPq promove evento sobre o Maio Laranja

 

Segue até esta quinta-feira (26), a partir das 19h, evento virtual promovido pelo Laboratório Interseccional de Gênero, Discurso e Direitos Humanos (LIGEDDH – UPE/CNPq) e o Grupo Mulheres do Brasil (núcleo Recife/ comitê de combate à violência) chamado “Maio Laranja: Avanços e retrocessos no enfretamento a violência sexual infanto juvenil”. O encontro teve início nesta quarta-feira (25). As inscrições já encerraram.

O evento faz uma referência ao dia 18 de maio, marcado como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Infantil no Brasil. Serão debatidas questões referentes ao combate ao abuso e assédio sexual de crianças e adolescentes, políticas públicas preventivas e perspectivas educacionais sobre a temática do Maio Laranja com a finalidade de conscientizar a população e debater o problema e prospectar soluções.

No dia 25, foi realizada uma mesa redonda sobre “assédio e abuso sexual de crianças e adolescentes e o poder público”. O debate contou com a participação da Líder Rede de Empreendedorismo e do Grupo Mulheres do Brasil-Recife, Roseana Faneco, da professora da UPE e líder do LIGEDDH, a mediadora do evento, Rebeca Lins, do advogado, especialista em Direitos Humanos, Eduardo Paysan Gomes e o Promotor de Justiça da Vara da Criança e do Adolescente, Luiz Guilherme Fonseca Lapenda e da advogada, Luciana Terra.

Leia mais...