Resultado das Escolas de Aplicação terá divulgação antecipada para o dia 9 de dezembro

A Comissão Permanente de Concursos Acadêmicos da Universidade de Pernambuco (CPCA/UPE) vai divulgar no dia 9 de dezembro a relação dos classificados no processo seletivo 2022 das Escolas de Aplicação da instituição no Recife, Nazaré da Mata, Garanhuns e Petrolina.

O resultado vai ficar disponível a partir das 11h da próxima quinta-feira no portal https://Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. O edital relativo ao processo de matrícula também poderá ser consultado a partir desta data.

O prazo inicial para a divulgação dos resultados era 28 de dezembro. As provas foram realizadas no dia 14 de novembro. A seleção aconteceu para novos alunos do 6° ano do ensino fundamental e 1° ano do ensino médio. 

Para o processo de seleção 2022 foram disponibilizadas 398 vagas no total, sendo 258 vagas para o 6º ano do Ensino Fundamental e 140 vagas para a 1ª série do Ensino Médio. Metade das vagas é reservada para egressos da rede pública de ensino. 

A seleção teve 3.535 inscritos. A abstenção foi de 12,33% no ensino fundamental e 11,40% no ensino médio.

Os gabaritos, cadernos de provas e outras informações continuam disponíveis no endereço eletrônico https://processodeingresso.upe.pe.gov.br.

Em caso de dúvidas, é importante consultar primeiro o Manual do Candidato. Mais informações pelos telefones (81) 3183-3769/3183-3791 ou pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Procape integra linha de frente nacional da saúde no combate ao infarto

Considerado um dos institutos de referência em cardiologia no Brasil, o Pronto-socorro Cardiológico de Pernambuco Prof. Luiz Tavares integra a linha de frente de um programa do Ministério da Saúde para reduzir risco de morte e aprimorar atendimento de urgência e emergência e tratamentos de ataques cardíacos.

O diretor-geral do Procape, Ricardo Lima, participou da cerimônia oficial de lançamento da Linha de Cuidado do Infarto Agudo do Miocárdio, um programa que vai destinar R$ 41 milhões para combater a principal causa de morte no país. A cada hora, pelo menos 13 pessoas perdem a vida para um infarto no Brasil. Em média, são 114 mil brasileiros que falecem por ano por causa desta "doença silenciosa".

Vinculado ao Complexo Hospitalar da Universidade de Pernambuco (UPE), o Procape integrou o grupo de cinco instituições que participaram do lançamento online do programa na manhã desta terça-feira (7). As outras foram o Instituto de Cardiologia e Transplantes do Distrito Federal; o Instituto Nacional de Cardiologia, no Rio de Janeiro (RJ); Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre (RS) e o Instituto do Coração (Incor) em São Paulo (SP), local onde o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, assinou a portaria.

Durante a cerimônia, o diretor-geral Ricardo Lima destacou o fato do Procape ter uma grande responsabilidade social por ser o único hospital público universitário de cardiologia de toda região Norte-Nordeste. Ele apresentou números de atendimento - cerca de 50 mil por ano - e ressaltou o papel na formação de novos médicos e na área assistencial.

Com a Linha de Cuidado, o Ministério da Saúde expande e qualifica as ações de telemedicina e tele-ECG (Eletrocardiograma) no Samu. A emissão do laudo pode ser feita a distância, ainda no atendimento pré-hospitalar, para agilizar as ações necessárias nos primeiros minutos. O exame que pode ser feito em uma Unidade de Suporte Avançado (USA), por exemplo, foi incluído na Tabela de Procedimentos do Sistema Único de Saúde (SUS).

O Ministério da Saúde também reajustou os valores dos procedimentos relacionados à trombólise pré-hospitalar e hospitalar para o Infarto Agudo do Miocárdio, além do reajuste para procedimentos como cateterismo cardíaco adulto e pediátrico. A angioplastia coronariana, procedimento minimamente invasivo para desobstruir e aumentar o fluxo de sangue para o coração, também será reajustada na tabela SUS e migrará para outro tipo de financiamento, por meio do Fundo de Ações Estratégicas e Compensações (FAEC).

A portaria ainda instituiu a mudança da angioplastia coronariana eletiva para a modalidade do tipo ambulatorial. Isso significa que o paciente poderá ter alta algumas horas após o procedimento, se estiver dentro dos critérios clínicos necessários. A alteração irá melhorar a qualidade de vida do paciente e promover maior disponibilidade de leitos para o SUS.

A nova estratégia cria ainda o procedimento de fisioterapia para reabilitação dos pacientes que sofreram Infarto Agudo do Miocárdio. O tratamento é necessário já que muitas pessoas apresentam perda na capacidade funcional, com dificuldade de retornar às suas atividades familiares, sociais e profissionais. A estimativa do Ministério da Saúde é que cerca de 85% desses pacientes irão se beneficiar com o atendimento fisioterapêutico pelo SUS e melhorar a qualidade de vida.

Com informações do Ministério da Saúde

Índice de abstenção do 1º dia de provas do SSA2 foi de 10,10%

O primeiro dia (05/12) de provas da 2ª fase do Sistema Seriado de Avaliação da Universidade de Pernambuco (UPE) para os estudantes do segundo ano do ensino médio terminou com um índice de abstenção de 10,10% o que representa 1.989 candidatos faltosos, do total de 19.687 inscritos na seleção.

Apenas um candidato foi eliminado por porte de celular no local de testes no pólo Boa Viagem. Dois candidatos realizaram provas em regime especial por estarem infectados com covid-19.

Neste primeiro dia, foram 44 questões de Língua Portuguesa, Matemática, Física, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol) e Filosofia. 

Leia mais...

Procape é único hospital cardiológico do Norte/Nordeste a integrar novo programa do Ministério da Saúde

O Pronto-socorro Cardiológico de Pernambuco Prof. Luiz Tavares é a única unidade especializada do Nordeste a integrar o programa “Linhas de Cuidados do Paciente IAM” do Ministério da Saúde, voltado exclusivamente para o tratamento do infarto agudo do miocárdio.

Fundado no dia 29 de junho de 2006 graças ao empenho do cardiologista Enio Lustosa Cantarelli, o Procape foi incorporado em 2012 ao Complexo Hospitalar da Universidade de Pernambuco (UPE).

O lançamento será às 10h de terça-feira (7), com uma transmissão virtual reunindo participantes das cidades de Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Recife. O ministro da Saúde Marcelo Queiroga vai fazer a interação com os representantes dos hospitais escolhidos.

Além do Procape, integrarão o programa “Linhas de Cuidados do paciente IAM" o Instituto do Coração (Incor-SP), o Instituto Nacional de Cardiologia (INC-RJ), o Instituto de Cardiologia e Transplantes (ICTDF/DF) e a Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre (RS).

O diretor-geral do Procape, Ricardo Lima, participará da cerimônia virtual, que vai apresentar informações sobre atendimentos do Sistema Único de Saúde (SUS) para as doenças cardíacas, com dados de investimento, quantitativo e procedimentos oferecidos.

"O lançamento desse programa é muito importante porque tem um olhar para uma patologia responsável pelo maior número de mortes no mundo. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o número de mortes no mundo devido a causas cardíacas pode chegar a mais de 17 milhões. No Brasil, por ano, mais de 360 mil mortes ocorrem devido a doenças cardiovasculares. Dentre essas mortes, em torno de 75 mil pessoas morrem de infarto agudo do miocárdio (IAM)", afirma Ricardo Lima.

O Procape é um dos dois hospitais públicos universitários do SUS (100%) no Brasil, ao lado do Incor-SP. Recebe pacientes do Norte-Nordeste e é o maior hospital de cardiologia destas duas regiões e o segundo do Brasil. Sua emergência chega a atender até a 120 pacientes/dia.

Muitos dos doentes atendidos no Procape são de infarto agudo do miocárdio, que necessitam de cateterismos. Por mês são realizados cerca de 500 desses procedimentos. Eles são tratados dentro dos protocolos atuais estabelecidos pelo Ministério da Saúde e Sociedades Médicas Brasileiras e Internacionais. Com as angioplastias feitas, muitas vidas são salvas.

Desde novembro do ano passado o Procape é o primeiro hospital público do estado credenciado a realizar transplante de coração em Pernambuco.

Índice de abstenção do 1º dia de provas do SSA1 foi de 11%

O primeiro dia (05/12) de provas da 1ª fase do Sistema Seriado de Avaliação da Universidade de Pernambuco (SSA/UPE) terminou com 2.850 candidatos faltosos, o que equivale a 11% do total de inscritos que foi de 25.907.

Não houve nenhuma eliminação por porte de aparelhos eletrônicos ou qualquer outro motivo. Três candidatos realizaram provas em regime especial por estarem infectados com covid-19.

No próximo domingo (12.12), os candidatos das duas fases do SSA responderão a 46 questões, distribuídas entre as disciplinas de Biologia, Química, História, Geografia e Sociologia. Os estudantes terão quatro horas para responder as provas e poderão sair das salas após três horas de início dos testes. 

Leia mais...